Aguarde. Carregando informações.

Notícias

Regime de urgência da Reforma Trabalhista coloca em risco conquistas históricas da cidadania

21 de abril de 2017

Brasília – O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, manifestou-se nesta quinta-feira (20) contra o açodamento na análise da proposta de reforma trabalhista que está no Congresso. Para o advogado, “aprovar uma reforma trabalhista controversa, de modo açodado, significa assumir o risco de esfacelar completamente a solidez das instituições e os direitos conquistados pela cidadania, a duras penas, nas últimas décadas”.

“O Brasil carece de reformas que o tornem um país mais justo e apto para progredir, nada ganhando com leis que atraiam o retrocesso, tal como a proposta de aniquilamento da legislação trabalhista protetiva, destinada a criar subclasses de trabalhadores com poucos direitos, contratos precários e remunerações indignas”, afirmou Lamachia.

Segundo o presidente da OAB, as mudanças propostas não interessam sequer aos detentores dos meios de produção, já que são os próprios trabalhadores compõem o mercado interno de consumo e serão os mais afetados. “Nesta perspectiva, mesmo dentro de uma visão egoísta e não solidária, a reforma trabalhista, nos termos como posta, seria um erro”, explica. “A democracia conta com mecanismos capazes de inibir o erro que se avizinha e que será extremamente danoso à sociedade como um todo, dentro destes o debate cuidadoso, no Parlamento.”

“A OAB coloca-se clara e objetivamente contra o referido projeto, o qual agride a Constituição Federal e todo o sistema normativo, em especial por representar retrocesso civilizatório, tais quais o desrespeito aos direitos adquiridos. Por estas razões, espera que o Parlamento tenha a sensibilidade de compreender o momento difícil pelo qual passa o país e os verdadeiros anseios da sociedade que lhes cabe representar”, finaliza Lamachia.

Comentários

COMISSÕES
ACESSO RÁPIDO
NEWSLETTER Assine nossa newsletter

CONTATOS

OAB ALAGOAS

Av. General Luiz de França Albuquerque, 7100, ROD. AL 101 Norte - Jacarecica - Maceió / AL. CEP.: 57038-640.

+ Veja no Mapa

Atendimento: (82) 3023-7200

Secretaria: (82) 98802-8726/ 3023-7163/ 3023-7164/ 3023-7165

Tesouraria: (82) 98802-3511/ 3023-7172/ 3023-7173

Presidência: (82) 98802-3510/ 3023-7153

TED: (82) 9-8802-3753/ 3023-7166

Secretaria administrativa de processos disciplinares: (82) 9-9122-9873/ 3023-7168

Horário de atendimento:

Segunda-feira a sexta-feira das 8h às 17h

CURTA NOSSA PÁGINA