Diga não à corrupção!

ADVOGADO RESPEITADO, CIDADÃO VALORIZADO

 

MANIFESTO OAB CONTRA A CORRUPÇÃO

A Corrupção é uma moléstia social que de forma agressiva e silenciosa fulmina, de forma irremediável, mais que apenas expressivos montantes financeiros.

Uma sociedade em que setores da vida política enveredam pela corrupção, acaba contaminada mortalmente nos valores morais que devem dirigir e condicionar as relações sociais numa sociedade democrática.

A impunidade do agente público serve de combustível para a degradação social e inexoravelmente compele uma nação para a derrocada da deterioração moral, ou seja, o dano causado não se resume unicamente ao desvio do recurso público, mas sim a degeneração do dever de honestidade que deve imperar numa sociedade civilizada.

O Brasil não suporta mais servir de berço para a prática constante de tão odiosa conduta, e a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Alagoas alia-se na fileira primeira ao clamor do povo brasileiro que exige o fim da corrupção e a punição dos culpados.

É inquestionável que o Brasil está diante de grave crise política e institucional. Os recentes escândalos de corrupção que atingem a cúpula dos poderes constituídos, somados à insatisfação geral com a política e a economia, causam o enfraquecimento das instituições democráticas, fazendo-se necessária a união de toda a sociedade em busca do fortalecimento de valores essenciais à democracia e ao estado de direito.

A OAB Alagoas nunca deixou de participar como voz ativa em todos os momentos importantes do nosso país e do nosso estado. Desde seu nascimento, a Ordem sempre esteve ao lado da população nas suas mais importantes conquistas democráticas, e agora não seria diferente, pois a OAB apoia plenamente as manifestações populares pacíficas e apartidárias que busquem demonstrar o inconformismo do povo brasileiro com a grave crise instalada.

A Ordem dos Advogados destaca ainda que a Constituição Federal e todo o Sistema Legal brasileiro dispõem de mecanismos jurídicos para a penalização dos culpados, seja por ato de responsabilidade e atentado ao decoro ou de natureza criminal, resguardando aos investigados o inegociável direito ao contraditório e a ampla defesa.

 

Acessar site da OAB / AL